Armindo Ferreira lança livro com detalhes de casas e famílias de Rates (fotos)

1
1391

O ratense Armindo Ferreira apresentou, na noite de quarta-feira, uma obra de sua autoria e editada em 400 páginas e dedicada à vila que o apaixona. “S. Pedro de Rates – Uma história contemporânea. Da revolução aos nossos dias” é o título do livro.

Perante mais de 200 pessoas que encheram o salão paroquial de Rates, Luís Diamantino, vice-presidente da Câmara da Póvoa, e moderador da sessão, elogiou as qualidades do autor “que fez esta linda peça que demorou muito tempo a fazer, aguardando-se já um segundo volume e ainda um outro sobre o estudo genealógico de Rates”. O autarca, que teve a oportunidade de ler a obra ainda antes da impressão, considerou o livro “de uma leitura com muita clareza e acessível”.

Seguiram-se vários testemunhos, entre as quais de Gustavo Vasconcelos, Rosário Matias, e os padres Abel Matias e Manuel Sá Ribeiro, os quais enalteceram as capacidades do escritor e sublinharam que “será uma pessoa que vai ficar sempre ligado à cultura de Rates”, como também “o dia 6 de julho de 2022 ficará marcado como um dia especial e que enobrece a vila de rates”.

Para Armindo Ferreira, o livro que “estava pronto antes da pandemia, mas só agora foi possível apresentar em público”, retrata a história de Rates, das famílias e das casas. No final, o autor já pensa no segundo volume, ainda sem data de apresentação, mas destacou que “está a trabalhar num outro trabalho”, dedicado “à genealogia comunitária, uma só família de muitas famílias da vila”.

Presente na sessão, Aires Pereira, presidente da Câmara, disse que Armindo Ferreira “vive a vida diária da Câmara e que luta pelo que acredita”, e acrescentou que “tem uma visão muito larga e reflete sobre o futuro. Um magnífico trabalho uma obra muita vasta para ser analisada no futuro. Vive a vida diária da autarquia. A sua dimensão do que ele representa para todos nós.

Fotos José Alberto Nogueira

1 COMMENT

Comments are closed.