Arrastava mulher pelos cabelos e dava-lhe socos

2296

Um trabalhador da construção civil de 47 anos, residente em Aguçadoura, foi detido por violência doméstica contra a esposa, conta o JN desta sexta-feira. Está desde quarta em prisão preventiva no estabelecimento prisional do Porto.

Os três casos de agressões remontam a 2014, 2017 e 2018, sendo que no último a vítima teve que ser hospitalizada.

Casados durante 24 anos, com 3 filhos, a violência começou após um ano de matrimónio. O agressor chegava a casa a horas tardias e bêbado, e agredia a companheira com “socos e arrastava-a pelos cabelos”, descreve o JN , acrescentando que o homem também a ameaçou de morte.

Divorciaram-se em julho de 2018.