Arrombam porta e descobrem mulher morta há uma semana

5520

Em pleno centro da cidade, no largo Eça de Queiroz, junto à Praça do Almada, uma mulher foi encontrada morta em sua casa “em fase adiantada de decomposição”, descreve o comandante dos bombeiros da Póvoa de Varzim, Francisco Nova.

Após vários dias sem a terem visto, vizinhos terão dado o alerta à polícia, que por sua vez solicitou à corporação dos bombeiros que fosse lá arrombar a porta, no domingo de manhã. Foi nessa altura que se depararam com a mulher já falecida “há pelo menos uma semana”.

As causas da morte ainda estão por identificar, sendo que o corpo foi direcionado para o Instituto de Medicina Legal.