Assaltavam marcos de correio na Póvoa de Varzim

0
2118

Assaltavam marcos de correios e levavam cheques “como se de um emprego se tratasse”. Conta a Agência Lusa que oito pessoas foram hoje condenadas com 2 a 7 anos de prisão por furtos na região norte entre 2008 e 2010, incluindo Póvoa de Varzim. Três das penas serão suspensas.

Assaltavam os marcos do correio 3 ou 4 vezes por semana. Para os abrir, usavam uma chave de fendas. Além disso, terão assaltado pontos de reabastecimento dos CTT, apoderando-se dos sacos de correspondência fechados e lacrados, fazendo-se passar por funcionários, usando uniforme e capacete pertencente ao operador postal.

O tribunal deu como comprovados os crimes de fraude qualificada, violação de correspondência, falsificação de documentos ou abuso de cartão de crédito.

Foi hoje a repetição parcial, no Porto, de um julgamento realizado em 2017, em sequência de “erro notório” na apreciação da prova na altura.