Atualização da Carta Educativa é “urgente e necessária”, defende CDU/Póvoa de Varzim

0
1186

A Educação foi um dos temas centrais da sessão ordinária da Assembleia Municipal da Póvoa de Varzim, realizada no último dia do mês de fevereiro.

Foi João Martins, deputado municipal da CDU, que trouxe ao período antes da ordem do dia a “atualização urgente e necessária da Carta Educativa”. Para o deputado, este documento “é a radiografia do nosso parque escolar, dos nossos alunos, dos nossos professores, dos nossos auxiliares, e é um instrumento fundamental para que a autarquia possa gerir os meios, sobretudo os dinheiros que vêm da administração central”.

“Sem termos esse instrumento, essa Carta Educativa atualizada não, não conseguimos, cabalmente, definir onde são necessárias obras, onde são necessários professores, auxiliares, novas salas, creches”, disse.

O tema é atual, até porque na mesma semana, na reunião do Conselho Municipal de Educação, Aires Pereira, presidente da Câmara Municipal, apresentou uma proposta de abertura de nove salas de aula e de atividades escolares no concelho.

Segundo a autarquia, “graças à aprovação dos Pareceres sobre o Reordenamento e Reajustamento da rede pré-escolar e das escolas do 1º ciclo do ensino básico do concelho, serão criadas 200 vagas adicionais, já no próximo ano letivo”, com a criação de uma creche e Jardim de Infância no edifício que pertencia à Obra de Santa Zita, e de salas em Aver-o-Mar e em Balasar.

Este texto faz parte de um artigo publicado esta semana no jornal MAIS/Semanário, que pode ler na íntegra na edição papel ou na edição digital (PDF).