BE quer demissão de autarcas da junta da Póvoa em dia de Assembleia

0
1217

O Bloco de Esquerda quer a demissão de Amadeu Matias e Augusto Moreira, membros do atual executivo da União de Freguesia da Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai e que estiveram em funções no anterior mandato, sob a liderança de Daniel Bernardo.

Em causa está, de acordo com o BE “uma governação caótica, sem controlo, com incumprimento de vários preceitos do Plano Oficial de Contabilidade das Autarquias Locais, possibilidade de acesso e movimentação de contas bancárias por parte de membros de executivos anteriores, recebimento de taxas e licenças sem emissão de recibos válidos e escrutináveis, transferência de subsídios e apoios sem correspondente protocolo, nem qualquer controlo sobre a utilização dos subsídios para os fins que foram atribuídos”.

Esta é a conclusão por parte do BE na analise à auditoria às contas da junta do período entre 1 de janeiro e 31 de outubro de 2017. Os bloquistas afirmam ter havido “balbúrdia e irresponsabilidade” na gestão anterior de Daniel Bernardo e que os políticos que continuaram devem abandonar a junta porque “não têm idoneidade para assumirem cargos públicos”.

A auditoria vai estar em discussão na sessão da Assembleia de Freguesia agendada para a noite desta terça-feira que terá lugar na Delegação Norte da Póvoa de Varzim.