Capitanias alertam: agitação marítima vai agravar-se no fim de semana

0
966

As Capitanias dos portos da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde emitiram na manhã desta quinta-feira (22) um comunicado no qual alertam para o agravamento da agitação marítima neste fim de semana. Na sexta-feira e sábado (23 e 24), as ondas podem atingir os 14 metros de altura máxima.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), até às 18 horas desta quinta-feira, vigora o aviso amarelo, devido a “ondas de noroeste com 4 a 5 metros”. Depois, até às 18 horas de sexta-feira, o aviso passa a laranja, devido a “ondas de noroeste com 5 a 7 metros de altura significativa, podendo atingir 12 metros de altura máxima”.

O aviso agrava-se para vermelho, indica o IPMA, a partir das 18 horas de sexta e até às 15 horas de sábado: prevêem-se “ondas de noroeste com 7 a 8 metros de altura significativa, podendo atingir 14 metros de altura máxima”.  Depois, a partir das 15 horas de sábado, volta a vigorar o aviso laranja.

Devido a estas condições, as barras da Póvoa e Vila estão fechadas a toda a navegação, e está encerrado o acesso pedonal aos molhes das barras. Enquanto vigorar o aviso laranja e vermelho, os acessos pedonais e estradas junto à costa podem ser interditados.

As recomendações das capitanias passam por evitar ir a banhos, evitar circular na orla costeira e zonas ribeirinhas, nomeadamente molhes, esporões, praias expostas ao mar e sujeito(a)s ao efeito da rebentação, promover a vigilância e proteção de infraestruturas junto à linha de costa, proteger da ação do mar as máquinas utilizadas em obras ao longo da costa, reforçar a vigilância das amarrações das embarcações atracadas nos cais e marinas ou fundeadas/amarradas, acautelar a remoção, para locais seguros, de embarcações varadas em locais que possam ser afetados pela ação do mar e do vento, e primar por uma postura de segurança e de preocupação ativa, não assumindo comportamentos de risco.