Cego do Maio em programa de salvamento e no restauro de salva-vidas

0
1876

A Autoridade Marítima escolheu o nome de Cego de Maio, que completou no ano passado 200 anos de nascimento, para apresentar um programa que tem como objetivo fomentar o voluntariado na área do salvamento marítimo.

A iniciativa foi apresentada na manhã deste sábado, no Diana Bar, perante autoridades nacionais e locais, numa missão que vai começar pela Póvoa de Varzim e mais tarde se estenderá à zona centro e sul do país.

Este programa visa complementar a missão do Instituo de Socorros a Náufragos.

Na sessão foi assinado um protocolo entre a Câmara da Póvoa e a Autoridade Marítima para o restauro e conservação da antiga embarcação salva-vidas “Cego do Maio”, que iniciou a sua atividade em 1864 e se manteve ao serviço por mais de 75 anos.

Na foto, Aires Pereira, presidente da Câmara da Póvoa e Luís Carlos Pereira, Vice-almirante.

Foto Hugo Eugénio