Colégio de Amorim recebe alunos no âmbito de um projeto do Erasmus+

0
757
Foto: Colégio de Amorim

O Colégio de Amorim acolheu, na última semana, os parceiros do programa Erasmus+ da Bélgica, Grécia e Suécia para participarem do projeto “We-Act – Wetlands Freshwater Reserve – Water Quality”.

O encontro iniciou com uma receção em que os estudantes tiveram a oportunidade de apresentar as celebrações principais dos seus países, e também, a comida típica e receberam informações sobre o concurso de fotografia relacionado com o projeto. Uma parte do programa incluiu uma visita à ETA (Estação de Tratamento de Água) em Areias de Vilar, onde os alunos assistiram a uma palestra sobre o tratamento e reutilização da água.

Depois, seguiu-se uma visita ao Centro de Ciência Viva, onde tiveram uma palestra com pesquisadores da Universidade do Porto especializados na conservação de zonas húmidas. Um dos destaques da semana foi a exploração da Reserva Ornitológica de Mindelo, uma região local famosa e extremamente importante para zonas húmidas. Durante essa visita, os alunos puderam monitorar a qualidade da água, coletar dados, identificar macroinvertebrados e medir o pH, entre outros aspetos essenciais para entender o ecossistema das zonas húmidas.

Outras atividades incluíram uma palestra na empresa Environmental Waves e uma visita guiada ao centro histórico de Ponte de Lima e ao Parque do Arnado. Os estudantes também tiveram a oportunidade de visitar o Pavilhão da Água no Porto, onde participaram de uma aventura científica sobre a importância da água para a vida. De tarde, aproveitaram-se os festejos do 25 de abril para conhecer a cidade.

No último dia, os alunos reuniram-se para debater as questões do projeto, apresentaram as suas conclusões e realizaram experiências laboratoriais para estudar a reserva de água doce e a auto-purificação da água nas zonas húmidas. O dia terminou com a entrega dos certificados de participação, jantar convívio e o anúncio do vencedor do concurso de fotografia, que capturou a essência do projeto “We-Act – Wetlands Freshwater Reserve – Water Quality”.

Este intercâmbio internacional não só proporcionou aos estudantes uma experiência educativa valiosa, mas também promoveu a conscientização sobre a importância da conservação da água em zonas húmidas e incentivou a colaboração entre os países participantes.