Concelhias poveira e vilacondense da CDU protestam contra portagens nas ex-SCUT

0
565

A CDU/Póvoa de Varzim e a CDU/Vila do Conde realizaram no fim de semana um protesto contra as portagens nas ex-SCUT do distrito do Porto. A manifestação, que teve lugar na rotunda entre a Avenida 25 de Abril e a Avenida Portas Fronhas, contou com a presença de Francisco Calheiros, candidato da CDU às eleições ao Parlamento Europeu.

“A existência de taxas de portagens nas antigas autoestradas SCUT constituiu um rude golpe no tecido económico da região e agravou as já difíceis condições de vida de todos aqueles que, sem alternativas, circulam nestas vias estruturantes”, diz a CDU, lembrando que “a Assembleia da República rejeitou, um projeto de lei do PCP para a eliminação de um conjunto de portagens em ex-SCUT, incluindo na região do Porto, e a consequente reversão das concessões a privados”.

Para o PCP, “apesar de ter sido aprovado um projeto de eliminação apresentado pelo Partido Socialista, que ao longo dos anos chumbou sistematicamente iniciativas do PCP, a solução é incompleta, porque não abrange nenhuma ex-SCUT do distrito do Porto (A41, a A42 e a A29, bem como os pórticos da A4 e da A28 existentes no distrito) e porque não reverte as concessões”.

“É o direito à mobilidade das populações e a competitividade de centenas de micro, pequenas e médias empresas que estão a ser postas em causa para benefício exclusivo das concessionárias”, indica o partido, declarando que “o PCP, desde a primeira hora, sempre se opôs às portagens nas SCUT que foram impostas e mantidas pelos governos PSD/CDS e PS e colocou-se do lado das populações que desde o primeiro momento se manifestaram contra esta injusta decisão”.

“As portagens nas ex-SCUT da região ainda não foram eliminadas. Mas o PCP não deixará de prosseguir a intervenção e luta para cumprir este objetivo, certo de que a luta das populações contra esta injustiça será determinante para obrigar o governo a cumprir este objetivo”, termina a concelhia poveira.