“Destruição medonha” em tentativa de assalto a restaurante de Navais

A Casa de Petiscos Navais, à face da estrada nacional 13 na Póvoa de Varzim, terá sido alvo de uma tentativa de assalto que acabou por não ser totalmente consumado. Ocorreu pelas 03h30 desta quinta-feira, quando o estabelecimento se encontrava fechado. O espaço tem duas entradas e uma delas ficou completamente arrasada.

“Há uma destruição medonha na porta, na montra, na caixilharia e no teto falso. Parece que caiu aqui uma bomba”, desabafa José Barbosa, proprietário.

O comerciante pensa que o rombo possa ter sido causado por uma viatura, porque sobraram no local “vestígios de farolins”. Descarta a hipótese de um eventual despiste acidental porque antes daquela entrada “existe um parque à frente”, diz. “Isto foi um assalto. Ou tentativa de assalto”.

Diz ‘tentativa’ porque tem dúvidas sobre se os ladrões chegaram a entrar, uma vez que nada foi levado. Terão abortado o roubo após o próprio barulho que fizeram, além do alarme, que disparou, e dos vizinhos que também se foram apercebendo, até porque se terá ouvido um “estrondo”.

Nem por isso o prejuízo será pequeno: só a entrada provocou danos na ordem dos 8 mil euros, no mínimo.

“Deixaram para trás um rasto de destruição”, lamenta José, revelando que, em 12 anos, é a quarta vez que a Casa Navais é alvo de assalto.