Dez horas seguidas a recolher sangue em segurança e sem ajuntamentos

0
1211

Associação Humanitária de Dadores de Sangue da Póvoa de Varzim: Esta quarta-feira, 29 de abril, há recolha de sangue na sede da associação, Rua Almirante Reis, das 09h às 19h.

A Associação Humanitária de dadores de Sangue da Póvoa de Varzim (AHDSPV) regressou à atividade a semana passada com duas sessões de recolha.

A mais recente, na sua sede, decorreu ao longo de dez horas sem pausa, por forma a espaçar bem a chegada das pessoas e evitar aglomerados. Aos dadores foi medida a temperatura para identificar eventuais sintomas de Covid-19. Houve 90 colheitas.

Juliana deu sangue pela primeira vez apesar do receio das agulhas
Juliana Silva (na foto) ‘furou’ a quarentena pela melhor das razões. A jovem de Beiriz, que completou 18 anos em fevereiro, nunca tinha dado sangue. Fê-lo na quinta-feira.

“Eu tenho medo de agulhas mas, como eu soube através da minha mãe que o meu tipo de sangue (O Negativo) era particularmente necessário, ganhei coragem e vim cá”, contou à nossa reportagem. “Correu tudo bem, estava com receio mas olhei para o lado e a verdade é que não doeu tanto como eu pensava”.

A estudante do 12º ano da secundária Eça de Queirós, área de humanidades, não tem dúvidas de que as dádivas de sangue “são para continuar”.

Texto completo na edição desta semana. Enquanto decorrer o estado de emergência, pode aceder ao jornal em PDF gratuitamente, enviando o seu e-mail para geral@maissemanario.pt