“Dinheiro destinado ao Varzim foi para outras contas”, diz ex-presidente do Conselho Fiscal

0
9602

Rui Varela Correia, que em julho se demitiu do cargo de presidente do Conselho Fiscal (CF) do Varzim, emitiu um comunicado a fim de esclarecer os sócios sobre as razões que o levaram a tomar aquela decisão. Nas palavras do próprio:

– Há dinheiros que se destinavam ao Varzim Sport Club que nunca chegaram, tendo antes entrado em outras contas bancárias;

– Nos recibos dos vencimentos de muitos jogadores constam montantes pagos que efetivamente não o foram. A contabilidade do clube espelha muitos desses pagamentos que na realidade nunca aconteceram;

– O CF é um órgão de decoração, sem qualquer poder de fiscalização, pois no Varzim manda apenas e só o presidente Pedro Faria que gere o clube como lhe apetece, sem dar qualquer satisfação a ninguém;

– Quando chegavam os momentos para apresentação e aprovação das contas, existiam sempre atritos, pois as mesmas nunca espelhavam os movimentos financeiros do clube;

– Ao CF chegavam alguns suportes documentais que não eram suficientes para sustentar os reais movimentos no ativo e no passivo;

– Por diversas vezes solicitei a realização de uma auditoria às contas, mas o presidente Pedro Faria impediu-a sempre. Em vez disso contratou um Técnico Oficial de Contas sem dar qualquer explicação ao CF.