É-Aqui-in-Ócio continua reflexão sobre ‘O Ser Humano e os outros Seres, Humanos’

0
344

O Festival Internacional de Teatro É-Aqui-in-Ócio arrancou na semana passada e deixou o público com vontade de mais Teatro. A segunda semana de festival, iniciada na terça-feira, promete isso mesmo.

Depois de ‘Damas da Noite, Uma Farsa de Elmano Sancho’, ‘Semente, o Homem que Plantava Árvores’ e ‘De Risa en Risa’, o Teatro continuou em destaque no Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim,com a estreia de ‘100 C@RAS’, pela Krisálida, e ‘Microspectivas de un Marica Millennial’, pela Incendiaria.

Mas, se ainda não teve oportunidade de assistir a alguma peça, poderá ainda fazê-lo na noite desta quinta, sexta-feira e sábado (30 de setembro, 1 e 2 de outubro), todas às 21h30.

‘A Idade do Silêncio’ (M/6), do Teatro do Mar, sobe a palco nesta quinta-feira, “um espetáculo para ver e pensar em família”, segundo o É-Aqui-in-Ócio.

Segue-se, no primeiro dia de outubro, “um espetáculo com uma técnica e história impactantes” – ‘JOJO’, pela Borja Ytuquepintas. A peça, destinada a maiores de três anos, conta a história do primeiro orangotango resgatado de cativeiro.

Por fim, e a fechar o festival, ‘À Espera de Beckett, ou QuaQuaQuaQua”, uma comédia de Jorge Louraço.

Destaque também para a mesa de reflexão ‘Que papel pode ter o Teatro na transformação de uma sociedade por forma a que esta se torne verdadeiramente inclusiva’, a realizar na sexta-feira pelas 17h, na Sala de Atos do Cine-Teatro Garrett. A mesa conta com a presença da secretária de Estado para a Inclusão das Pessoas com Deficiência e do diretor-geral das Artes, para além de vários outros representantes da área.

É possível assistir à mesa presencialmente, mediante inscrição através do email varazim@gmail.com , ou através da página de Facebook da Varazim.