Fundação Dr. Luís Rainha distingue melhores alunos e entrega prémio literário

A Fundação Dr. Luís Rainha distinguiu os melhores alunos do 12º ano da escola secundária Eça de Queirós. Em 2020 não foi entregue o prémio por causa da pandemia, pelo que agora foram abrangidos os dois últimos anos letivos completos, ou seja, 2019 e 2020. Na cerimónia foi também distinguido o melhor estudante da licenciatura em Ciências Farmacêuticas da faculdade do Porto, uma vez que o próprio Luís Rainha era filho de um farmacêutico poveiro.

Inácio Sousa Lima, responsável pela fundação, explicou que “a pandemia suspendeu praticamente toda a atividade” e por esse motivo é que foram premiados, nesta cerimónia realizada na sede da fundação na Rua da Alegria, dois estudantes do secundário.

Neste dia foi igualmente laureado o vencedor do concurso literário Fundação Dr. Luís Rainha 2021. O encontro de escritores de fevereiro não teve cerimónia pública, pelo que a entrega aconteceu agora ao escritor António Assunção.

Distinguidos

Ano 2018/2019

Ana Pereira, de Balasar, média de 18 valores na Escola Secundária Eça de Queirós

Joana Monteiro, de Santo Tirso, média de 17 valores na Faculdade de Farmácia do Porto

Ano 2019/2020

Luís Pereira, da Póvoa de Varzim, média de 20 valores na Escola Secundária Eça de Queirós

Ana Neves, da Póvoa de Varzim, média de 18 valores na Faculdade de Farmácia do Porto  

Prémio Dr. Luís Rainha

António Assunção, natural da Póvoa de Varzim e residente na Lousã

Notícia completa na edição em papel já nas bancas