GNR detém cinco pessoas por furtos a lares de idosos após buscas na Póvoa (vídeo)

0
356

A GNR anunciou nesta quinta-feira a detenção de cinco pessoas suspeitas de furtar cofres em lares de idosos e centros de apoio social. Os furtos tiveram especial incidência no Norte e Centro do país, lê-se no comunicado.

Foram detidos, na segunda-feira (8), quatro homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 25 e os 54 anos, nos concelhos de Pombal e Amadora. A operação policial foi feita depois de cumpridos 12 mandados de busca, sete domiciliárias e cinco em viaturas, nos concelhos da Póvoa de Varzim, Famalicão, Coimbra e Pombal.

Segundo a Guarda, no decorrer da monitorização e análise da atividade criminal, foram detetados vários furtos em lares de terceira idade, centros de apoio social e similares. O objetivo dos assaltos seria a extração dos cofres destas instituições, “que em regra continham avultadas quantias em dinheiro e vários bens”.

Depois de várias diligências de investigação, a GNR apurou a estrutura hierárquica do grupo e o modo de atuação do mesmo. “Consistia em realizar reconhecimentos para explorarem as vulnerabilidades de vários lares e instituições e posteriormente, em regra durante a noite, fazerem a intrusão nas instalações através de arrombamento ou escalamento, para se apoderarem dos cofres e dos valores de alguns utentes”, explica o comunicado.

Três dos detidos já tinham antecedentes criminais. Um deles já tinha cumprido pena de prisão por homicídio e outros dois por furtos, burlas e detenção de arma proibida.

Durante as buscas, foram apreendidos diversos artigos, entre eles: quatro automóveis e um reboque, 13 800 euros em numerário, três cofres, 188 doses de folhas de canábis e 994 doses de haxixe.