‘Grândola’ à meia-noite e cerimónias para celebrar 50 anos de Abril em Vila do Conde

0
875

A cidade de Vila do Conde iniciou as comemorações do 50º aniversário do 25 de abril de 1974 em março, mas o ponto alto das cerimónias é atingido na noite desta quarta-feira (24) e durante o próprio dia 25 de Abril.

Ainda nesta noite, às 22 horas, na Praça Vasco da Gama, a ESMAD vai promover uma projeção de vídeo-mapping. Uma hora mais tarde, no Largo dos Artistas, a Cabe Cave protagoniza ‘A expressão da Liberdade’. Por fim, às 00h20, há uma entoação coletiva da canção ‘Grândola, Vila Morena’.

No dia 25, o dia começa às 10 horas com as cerimónias oficiais de evocação dos 50 anos do 25 de Abril, na Praça Vasco da Gama, seguidas do descerramento de um elemento escultório para assinalar o meio século da Revolução.

Às 12 horas, no Cais dos Assentos, decorre a cerimónia de evocação dos ex-combatentes da Guerra do Ultramar, bem como a inauguração da Praça dos Vilacondenses Combatentes na Guerra do Ultramar.

Mais tarde, às 18 horas, o Teatro Municipal recebe a Orquestra Sem Fronteiras para um concerto comemorativo dos 50 anos do 25 de Abril, com canções de intervenção portuguesas de Zeca Afonso, José Mário Branco, Sérgio Godinho e outros que constituem o cancioneiro dos anos 1960-70-80, na voz de Pedro Flores acompanhada por 25 músicos dirigidos pelo maestro Martim Sousa Tavares.

Consulte o programa completo aqui.