Joaquim Araújo anuncia que não é recandidato à liderança da AEPVZ em dia de aniversário

0
1478

Joaquim Araújo anunciou, no passado sábado, no jantar de comemoração dos 131 anos da AEPVZ, que não será recandidato, a um próximo mandato. As eleições estão marcadas para o dia 15 de maio. “Tenho de comunicar que decidi não me recandidatar”. “Será, portanto, uma direção de continuidade a quem eu quero desejar muito sucesso e felicidades e que eu apoiarei dentro daquilo que me for possível”, foram as palavras do ainda presidente da direção, que mostrou a sua disponibilidade para continuar a ajudar a associação, que durante três anos viu e fez crescer.

O ainda presidente da direção da AEPVZ continuou o discurso com palavras de agradecimento a todos os que durante estes últimos anos o ajudaram a cumprir os pressupostos e desafios que o setor empresarial exige, “cada vez mais, as decisões têm de ser mais rápidas, porque nunca a velocidade de execução do que é necessário implementar, teve tão pouco tempo para ser planeado”.

E acrescentou: “Este é o segredo da gestão de qualquer entidade hoje” e continuou afirmando que durante este mandato a AEPVZ foi a todos os cantos do concelho “em 130 anos nunca a Associação tinha saído da Praça do Almada, para chegar aos empresários da periferia. Demo-la a conhecer a todo o concelho para que soubessem qual o seu objetivo e dizer: se necessitarem estamos cá”.

Aos presentes, Joaquim Araújo lembrou as várias reuniões realizadas nas freguesias, situação inédita na longa história da AEPVZ, como salientou a imagem de credibilidade que atualmente tem a associação perante a sociedade e instituições poveiras e nacionais. Notícia completa na edição PDF de quarta-feira, 17 de abril, e execlusiva a assinantes.