Junta da Póvoa reavalia assalto a armazém em 10 mil euros

0
3024

Daniel Bernardo, presidente da Junta da Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai, retificou que o prejuízo do assalto ao armazém junto ao cemitério de Argivai, cifrou-se na ordem dos 10 mil euros.

O autarca, que indicou inicialmente a verba de 100 mil euros de prejuízo, refere que afinal o valor é bem mais baixo, não desistindo da ideia que “deverá ser um grupo de assaltantes e não apenas um, dado o número de equipamentos e utensílios que foram roubados”.

Este foi o segundo assalto no espaço de três meses a instalações da junta de freguesia da Póvoa, Beiriz e Argivai, localizadas em Argivai.