Mais de 650 condutores apanhados com excesso de álcool durante Operação Carnaval

0
1068
Foto: GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) fiscalizou, durante a Operação Carnaval deste ano, 57.233 condutores, sendo que 655 tinham excesso de álcool no sangue. Foram detidos 251 indivíduos por possuírem uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l, o que constituiu crime, indica a GNR em comunicado.

Também ao longo da Operação Carnaval 2024, que decorreu entre 5 e 14 de fevereiro, foram detidas 97 pessoas por conduzirem sem habilitação legal e levantados 1.071 autos de contraordenação por excesso de velocidade.

No mesmo período, destacam-se 749 infrações por falta de inspeção periódica, 283 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, 187 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, e 183 por utilização indevida do telemóvel durante a condução.

Já quanto à sinistralidade rodoviária, na sua área de responsabilidade, a GNR registou 2.139 acidentes, dos quais resultaram quatro vítimas mortais, 39 feridos graves e 631 feridos leves.