Material para fabrico de explosivos descoberto na Póvoa

1768

Um homem de 37 anos de Aguçadoura, Póvoa de Varzim, foi detido por posse ilegal de material para fabrico de engenhos explosivos, 4 armas de fogo e 260 munições. Ainda ameaçou de morte um vizinho, de 40 anos, com uma dessas armas. O suspeito é serralheiro de profissão e tem passado militar.

Depois de uma denúncia de ameaças entre dois vizinhos, os militares da GNR apuraram que o detido “ameaçou de morte” um homem, de 40 anos, na sequência “de uma desavença” entre ambos.

Foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária, que culminou então na apreensão:
· 3 peças de cordão lento, para fabrico de engenhos explosivos.
· 2 caçadeiras;
· 1 pistola;
· 1 carabina;
· 263 munições;
· 1 máquina manual de carregamento de cartuchos;
· 1 embalagem de fulminantes;
· 3 recipientes com pólvora;

O detido vai hoje a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Matosinhos, para aplicação das medidas de coação.