Mês de maio foi o mais quente de sempre no planeta desde que há registo

0
671

O mês de maio foi o mais quente de sempre no planeta Terra desde que há registos, segundo o serviço europeu de mudanças climáticas Copernicus.

Temperaturas mais altas do que o normal e até muito anormais foram registadas na Sibéria, com quase 10°C acima do habitual. Também quente foi grande parte da região do Árctico, nomeadamente no Oeste do Alasca, e na Antárctida.

Globalmente, os últimos doze meses (junho de 2019 a maio de 2020) igualam o período do ano mais quente já registado.

Na base disto estão as alterações climáticas, provocadas pelas emissões de gases com efeito de estufa produzidas pelas atividades humanas. Os especialistas esperam que a temperatura média global quebre um novo recorde no próximo período de cinco anos (2020-2024).