Nova liderança da Juventude Socialista da Póvoa quer habitação a custos controlados

0
294

Gonçalo Angeiras tomou posse como presidente da Juventude Socialista (JS) da Póvoa de Varzim no passado sábado, bem como toda a nova equipa do secretariado da estrutura concelhia. Na cerimónia, que teve lugar no Museu Municipal de Etnografia e História da Póvoa de Varzim, o líder garantiu que a JS vai lutar por “construir uma Póvoa onde todos têm a oportunidade de realizar os seus sonhos”.

Perante uma audiência que incluiu o dirigente nacional do PS, João Torres, o presidente do PS/Póvoa de Varzim, João Trocado, a presidente da estrutura concelhia das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos, Cristiana Fernandes, e o presidente da Federação do Porto da JS e secretário-geral adjunto da JS, Miguel Rodrigues, a equipa recém-eleita definiu dez temas, entre os quais a Habitação, Educação, Trabalho e Igualdade, como prioritários para este mandato.

Para os próximos dois anos, a JS tem já algumas propostas preparadas, “pelas quais se vai bater nos órgãos em que está representada”. Estas incluem a construção de um Parque Verde na zona da Praça de Touros, ao invés da Póvoa Arena, ou a criação de uma “fábrica da cultura” no lugar da antiga fábrica de conservas ‘A Poveira’.

Gonçalo Angeiras defendeu ainda o investimento em habitações a custos controlados, para que “os jovens poveiros possam sair de casa dos pais, se possam emancipar, e que possam continuar a viver no nosso concelho”.