PCP preocupado com restauração da Póvoa: “Confinamento deve ser a exceção e não a solução”

O PCP avisa que o encerramento prolongado de cafés e restaurantes pode fazer com que muitos destes estabelecimentos não mais voltem a abrir. O confinamento não é a solução ideal, mas, se é para o impor, então que se garantam apoios aos pequenos empresários.

A deputada do PCP na Assembleia da República, Diana Ferreira, contactou esta segunda-feira com pequenos empresários da restauração da Póvoa de Varzim sobre a situação que o setor está a viver em tempos de pandemia e confinamento.

A parlamentar comunista mostrou-se preocupada com a falta de acessos aos apoios e com as consequências do confinamento, nomeadamente “o risco de muitos estabelecimentos não voltarem a abrir portas”, observou, no Centro de Trabalho do PCP na Póvoa de Varzim.

O PCP reitera que o confinamento “não é a solução” e sim “a exceção”. Mas, a ser implementado, então que não se falhe e “se garantam as condições de apoio”, sugere.