Pescadores “são os primeiros interessados em que os resíduos não voltem para o mar” (fotos)

0
729

Os pescadores e armadores dos Armazéns de Aprestos do porto de pesca da Póvoa de Varzim/Vila do Conde receberam, nesta quinta-feira, uma ação de sensibilização para a separação dos resíduos e reciclagem. Desta forma, “podem ser elementos ativos e participativos na Reciclagem”, diz a Câmara Municipal de Vila do Conde.

O projeto foi promovido pela Lipor, em parceria com o Município e a Associação Pró Maior Segurança dos Homens do Mar.

No início da tarde de hoje, cada setor dos armazéns receberam sacos amarelos, verdes e azuis, para a reciclagem de plástico/metal, vidro e papel/cartão, respetivamente. “A ação contou ainda com momentos de ativação com vista a sensibilizar e informar sobre todos os passos para a correta reciclagem”, continua a Câmara.

Segundo Vítor Costa, esta ação “está a ser um grande sucesso”, até porque “a comunidade piscatória são os primeiros interessados em que os resíduos não voltem para o mar ou não sejam abandonados nesta zona”.

O presidente da Câmara de Vila do Conde acrescentou que, devido à “grande concentração deste tipo de atividade [piscatória]” na zona, há uma grande produção de resíduos, que precisam de ser reciclados de forma organizada.

É isso que a Lipor, como disse Filipe Carneiro, responsável pela ação, está a fazer, ao “dar as condições necessárias para potenciar a separação de resíduos”. Este processo, adianta, “não termina hoje. Vamos fazer ações de reforço, para esclarecimentos, uma vez que é uma área com resíduos bastante específicos”.