Polícia Marítima apreende redes e armadilha no interior do porto de pesca da Póvoa

0
244

Uma rede de emalhar com mais de 150 metros e uma armadilha de pesca, designada como “covo”, foram apreendidas na tarde de domingo pela Polícia Marítima (PM). As artes de pesca estavam presas na hélice de uma embarcação do Clube Naval Povoense com um tripulante a bordo, informou a entidade.

De acordo com o comunicado da PM, o alerta foi pelas 17h30, através de um elemento do Clube Naval Povoense, e que de imediato para o local deslocaram-se os elementos da Polícia Marítima e da Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, apoiados por duas embarcações.

No local, os polícias verificaram “que o tripulante da embarcação tinha desprendido as redes e abandonado local, tendo os elementos da Polícia procedido à recolha e apreensão das artes de pesca, que se encontravam sem identificação e em local proibido”.

Os elementos da Estação Salva-vidas garantiram a segurança da operação, devido às condições meteorológicas que se faziam sentir no local, enquanto os elementos do Comando-local da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e Vila do Conde tomaram conta da ocorrência e efetuaram os respetivos autos de notícia.