Poveira na ONU trabalha dossiês como refugiados, direitos humanos e desarmamento nuclear

0
3695

Rafaela Miranda, poveira de 25 anos, faz parte da Missão Permanente de Portugal junto das Nações Unidas, em Genebra. Trabalha em diplomacia política e está neste momento a assistir em pastas como direitos humanos, desarmamento/não-proliferação e refugiados, contou em entrevista ao MAIS/Semanário.

[notification type=”notification_info” ]Leia a notícia completa na versão impressa do MAIS/Semanário desta semana[/notification]