Poveiro Álvaro Maio vence Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha

0
2956

Além do prémio principal do Correntes d´Escritas de que já demos conta, nota agora para os restantes.

O único vencedor da Póvoa de Varzim é Álvaro Maio. O Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha reconheceu a sua obra «Ala Ala Arriba». O poveiro apresentou-se a concurso com o pseudónimo “Zé Pescadinha”.

O Prémio Literário Correntes d’Escritas Papelaria Locus foi para a obra “Relógios Parados” de Ana Sofia Franco Trigo, de Lisboa, que concorreu com o pseudónimo Jieun.

Quanto ao Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes d’Escritas Porto Editora 2020 que recebeu 104 trabalhos de mais de dois mil alunos, foi atribuído aos alunos do 4ºC da Escola Básica da Venda do Pinheiro que concorreu com o conto “Tempestade no Rio”. Em segundo lugar ficou a turma do 4ºQ da EB 1 com PE e Creche Eng. Luís Santos Costa, de Machico, com o conto “Os Ponteiros Apaixonados”. Em terceiro lugar ficou a turma do 4ºA, Colégio Paulo VI de Gondomar com o conto “A mala da minha professora.”

Foto arquivo José Novais