Poveiro foi o ‘caloiro’ com melhor média da Universidade do Porto

0
2912

Pedro Gonçalo Correia, com média 19.3, foi o melhor ‘caloiro’ da Universidade do Porto no ano letivo anterior. O jovem, que estudou na escola do Desterro e na Eça de Queirós, vai receber um prémio monetário no valor da propina anual.

O poveiro foi o melhor aluno de entre os 4.032 que entraram naquela universidade em 2019/2020. Concluiu o 1º ano do curso de Engenharia Informática e Computação na Faculdade de Engenharia com média de 19,3 valores.

A informação foi divulgada pela própria instituição num artigo publicado online no dia 1 de março. A Universidade do Porto está dividida em 14 faculdades e os melhores ‘caloiros’ de cada uma delas (este ano são 21 estudantes) serão distinguidos com um prémio monetário. Pedro Correia não só teve a média mais alta da sua faculdade como foi o melhor da universidade.

Pedro Gonçalo Correia fez a primária na Escola do Desterro, o 5° e 6° anos na Flávio Gonçalves e, a partir do 7° ano, frequentou a Escola Secundária Eça de Queirós. O poveiro, de 20 anos, vai então receber o ‘Prémio Incentivo 2021’, correspondente ao valor da propina anual aplicada aos estudantes nacionais daquela instituição de ensino. A proclamação dos vencedores terá lugar no próximo dia 22 de março, durante a sessão solene comemorativa do Dia da Universidade, a decorrer este ano em formato online.