“Prematuro falar de desconfinamento”, avisa governante

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde diz que a palavra do momento ainda é “confinamento” e que o Governo não pensa “desconfinar” em breve.

António Lacerda Sales vincou esta sexta-feira que ainda “é prematuro estarmos a falar de desconfinamento” no âmbito da pandemia de covid-19 e pediu “serenidade”.

“O queremos assegurar é que cada um de nós possa seguir o que são as regras”, afirmou o secretário de Estado, acrescentando que o Governo quer “neste momento garantir um confinamento seguro”.

Adiantou ainda que Portugal já tem 6,3% da população vacinada, sendo que 2,3% têm as duas doses, facto que disse estar “em linha com a maioria dos países da Europa”.