Provedor da Santa Casa de Vila do Conde distinguido

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, Arlindo Maia, recebeu na passada sexta-feira, dia 24, na Quinta Alegre em Lisboa, o ‘Prémio Envelhecimento Ativo Dra. Maria Raquel Ribeiro 2017’, na categoria de intervenção social.

Trata-se de um prémio instituído pela Associação Portuguesa de Psicogerontologia, com o apoio da Santa casa da Misericórdia de Lisboa e da Fundação Montepio, com o objetivo de reconhecer a vida ativa e participação social de pessoas com idade igual ou superior a 80 anos, que desenvolvam atividade profissional ou cívica relevante em diversas categorias interventivas, e continuem a influenciar de modo construtivo a sociedade.

A cerimónia realizou-se num solar do séc. XVIII, recentemente restaurado pela Misericórdia de Lisboa, que constituía a antiga Quinta dos Marqueses do Alegrete, pertencente ao primeiro Marquês de Alegrete.

No discurso que dirigiu aos presentes, o  provedor realçou que mais importante que o envelhecimento ativo é o prolongamento da vida ativa e que se sente realizado enquanto ser humano a trabalhar.

Estiveram presentes na cerimónia familiares, órgãos sociais e alguns colaboradores desta instituição no sentido de testemunharem o momento e homenagearem o premiado.