Providência cautelar impede demolição do antigo Maresia

0
29651

A entrada de uma providência cautelar por parte da sociedade que explorava o espaço, impediu, na segunda-feira, o início da demolição do edifício do antigo Maresia e de discoteca, localizado próximo das piscinas municipais, na Póvoa de Varzim.

O edifício como está em área de domínio público irá ser demolido por decisão do Governo, decisão anunciada há meses atrás pelo ministro do Ambiente.

Apesar da providência cautelar, o processo não deverá ter retorno, aguardando-se para os próximos dias a decisão definitiva do Tribunal.

Para o local e após a demolição, a Câmara da Póvoa tem previsto a ampliação do areal e a execução de campos para a prática de futevólei e voleibol de praia, além de um parque infantil.

Foto José Alberto Nogueira

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Insira o seu nome
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!