PSD e NAU concordam em viabilizar executivo de Árvore

0
151
Foto: Junta de Freguesia de Árvore/Facebook

O PSD e o Movimento NAU “concordaram em viabilizar a eleição do executivo da Junta de Freguesia de Árvore, Vila do Conde, apresentado por proposta” de Carlos Correia, presidente de junta eleito pela NAU, na reunião da Assembleia de Freguesia realizada na terça-feira.

No mês passado, o PSD/Árvore afirmou que o autarca “está a governar a freguesia sozinho, sem equipa ao seu lado na Junta de Freguesia”, devido a uma postura de “autoisolamento” que “poderá trazer fortes prejuízos ao desenvolvimento de Árvore”. Na mesma nota, o partido disse que Correia não aceitou as propostas do PSD para “viabilizar a eleição dos vogais da sua equipa”, fechando “completamente a porta ao diálogo”.

Já na noite de ontem, o PSD partilhou um ‘Comunicado Conjunto do PPD/PSD e NAU à freguesia de Árvore’, onde consta um acordo entre as duas forças políticas “com vista à procura das melhores soluções para o futuro da freguesia”.

A nota, embora reconheça “a vontade dos Arvorenses em darem continuidade ao trabalho desenvolvido no mandato anterior pelo executivo NAU”, refere que os resultados das autárquicas mostram que a população quer “um ambiente de maior diálogo entre os autarcas eleitos”, dada a não existência de maioria absoluta.

Para os dois movimentos políticos, “o atual impasse na constituição do Executivo da Junta de Freguesia é manifestamente negativo para o desenvolvimento da freguesia” e ambos “reconhecem mutuamente a importância de uma colaboração construtiva entre as duas forças políticas que permita a eleição do executivo da Junta de Freguesia”.

Por isso, “o PPD/PSD reconhece a legitimidade do Movimento NAU de governar a freguesia e, ao seu Presidente, de escolher a equipa que lhe mereça mais confiança” e “o Movimento NAU reconhece a boa-fé dos autarcas eleitos pelo PPD/PSD e a sua vontade em, no lugar de oposição, darem um valioso contributo ao desenvolvimento da freguesia”.

Assim, “as duas forças políticas concordaram em viabilizar a eleição do executivo da Junta de Freguesia de Árvore”.