PSD exige informações sobre a redução da tarifa da água em Vila do Conde

0
368

O PSD/Vila do Conde pediu, na reunião do executivo de ontem, 12 de maio, esclarecimentos ao presidente da Câmara Municipal, Vítor Costa, acerca do memorando de entendimento entre o Município e a Indaqua.

Em comunicado, o partido avança que o vereador social-democrata Pedro Soares exigiu “informações ao executivo municipal sobre qual o estado do processo e das negociações levadas a cabo” para a redução da tarifa da água no concelho, uma das mais elevadas no país.

A intervenção do PSD surge depois de terminado o primeiro quadrimestre de 2022, período apontado como data-limite “para alcançar, por consenso, uma proposta de alteração contratual”.

“Considerando que findou, com o termo do mês de abril, o tempo previsto, e clausulado, para que as partes alcançassem uma proposta de alteração contratual”, lê-se na nota de imprensa enviada pelo partido, “e que não se conhecem quaisquer desenvolvimentos sobre o assunto, o PSD/Vila do Conde, através do seu Vereador eleito, Pedro Soares, interpelou o Senhor Presidente de Câmara, uma vez que se mostra de todo pertinente conhecer e acompanhar a evolução deste processo”.

As perguntas de Pedro Soares incidiram sobre o número de reuniões já realizadas com a Indaqua, a existência de um consenso para a alteração contratual e os seus termos, os “concretos resultados e compromissos já alcançados”, no caso de não existir ainda uma proposta, o “valor previsto para a alteração do tarifário para o restante período da concessão” e os prazos para vigorar o novo tarifário.