PSD/Vila do Conde diz que “Elisa Ferraz ignorou alertas para colocar lombas na marginal”

0
9360

Algumas horas depois do trágico acidente que tirou a vida a dois jovens na marginal vila-condense, o PSD de Vila do Conde emitiu um comunicado em que acusa a presidente de Câmara, Elisa Ferraz, de ter ignorado uma proposta apresentada em 2016 “para que fossem colocadas lombas limitadoras de velocidade naquela rua, assim se prevenindo a ocorrência de acidentes com vítimas mortais”.

Na altura, os vereadores social democratas disseram isto sobre o tema das lombas: “desde há alguns anos, temos constatado a existência de alguns atropelamentos na marginal, na zona das Caxinas, o último dos quais esta semana”.

Em resposta, diz o PSD, “Elisa Ferraz e o seu vice-presidente António Caetano rejeitaram liminarmente a proposta, referindo que, como habitualmente, os Serviços de Trânsito iriam promover uma campanha e um conjunto de intervenções, preparando a próxima época estival, altura em que o assunto será de novo avaliado”.

O comunicado conclui sublinhando que “desde a proposta apresentada pelos vereadores do PSD, nenhuma acção se conheceu por parte da Câmara Municipal de forma a evitar estas tragédias, que infelizmente vêm a ser cada vez mais frequentes, como esta noite constatamos”.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Insira o seu nome
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!