Quarentena e receio de segunda vaga aumentam vendas domésticas de empresa poveira de painéis solares

0
12633

A Energie, empresa poveira de painéis solares, em Laúndos, registou um crescimento de 21% nas suas vendas no mês de maio, para consumidores domésticos, em comparação com o mesmo período de 2019. Venderam-se sobretudo equipamentos vocacionados para aquecimento de águas sanitárias e aquecimento central.

A empresa, segundo a Lusa, pensa que este incremento pode ter a ver com o facto dos consumidores terem passado mais tempo em casa durante a pandemia. O volume de negócios em maio quase duplicou, passando de 270 mil euros, registados em janeiro, para 500 mil euros.

A empresa acrescenta que este crescimento poderá igualmente estar ligado à possibilidade de uma segunda vaga de covid-19 no final do ano, levando as pessoas a adotarem sistemas de aquecimento mais económicos.

Também no mês de abril a Energie tinha anunciado uma subida nas suas vendas internacionais, em comparação com o período homólogo de 2019, exportando quase mil painéis solares.

Em fevereiro de 2020, as instalações da Energie ficaram parcialmente destruídas devido a um incêndio, mas poucos dias depois a firma conseguiu retomar a produção.

Foto Energie