Ricardo promete rigor no Varzim e “não vou confundir ambição com loucura”

0
1139

O ex-guarda-redes do Varzim vai ser eleito presidente do Varzim no próximo sábado, dia das eleições. Ricardo Nunes, de 41 naos, lidera a única lista candidata, que se apresentou na noite de quinta-feira, no Diana-Bar. Segunda-feira terá lugar no mesmo local, às 19h, a tomada de posse.

Às cerca de 200 pessoas que estiveram na apresentação da candidatura, Ricardo destacou as prioridades para o mandato: “a reestruturação financeira e estabilização do clube; uma aposta decidida na formação dos nossos jovens talentos e uma profissionalização integral do clube. Com paciência, trabalho árduo e uma gestão responsável, acredito que podemos devolver o Varzim ao seu lugar de direito”.

Para o candidato a presidente no Varzim, “um dos pilares desta candidatura é a aposta na formação. Acreditamos que o futuro do Varzim depende da sua capacidade em abraçar a comunidade poveira, apostando nos talentos locais e até mesmo integrando jovens promissores na nossa equipa principal. A formação não é apenas uma estratégia desportiva; é um compromisso com a nossa comunidade e uma forma de garantir a sustentabilidade do clube a longo prazo”.

Sobre a situação financeira do Clube, Ricardo “exige uma intervenção imediata e rigorosa e a nossa preocupação será sanar as finanças, criar uma estabilidade que permita que o clube honre e cumpra os seus compromissos com funcionários e atletas”, e explicou aos varzinistas que vai realizar “uma auditoria completa e rigorosa para ter uma noção exata de como estão as contas do clube”. O futuro presidente quer renegociar as dívidas, como garantiu que o Varzim no futuro fará uma SAD “com as pessoas certas”.

Na sessão foram apresentados os membros da lista que vão preencher os cargos da Direção, Assembleia Geral e Conselho Fiscal, que contam com o apoio do mandatário Jorge Silva, poveiro que está estabelecido na cidade como notário.