Sérgio Furtado: “A mobilidade é essencial para a população”

0
2337

Sérgio Furtado, natural de Amorim, esteve sempre ligado ao setor automóvel e decidiu há 20 anos seguir o caminho do empreendedorismo, criando a Auto Furtado. Face à pandemia, o empresário espera que esta situação passe o mais rápido possível e, acima de tudo, de forma segura, tendo a esperança que o seu setor possa ter uma quebra menor do que outros porque os cuidados que a população irá ter nos primeiros tempos poderão levar a que esta “dê preferência ao uso da viatura particular em detrimento dos transportes públicos”.

Na Auto Furtado, como tem sido a gestão neste período da Covid-19? Sentiu alguma alteração no volume de negócios?

Sérgio Furtado

A gestão tem sido feita com um rigor e um esforço adicional por parte da Auto Furtado pois, desde que foi decretado o estado de emergência, houve um decréscimo na ordem dos 50% no volume do negócio da nossa empresa. Contudo, pelo setor em que operamos, sentimos que temos uma grande responsabilidade nesta fase para com a sociedade, especialmente com aqueles clientes que estão na chamada “linha da frente” e é nosso dever garantir a sua mobilidade com o menor constrangimento possível.

Entrevista completa na edição desta semana. Enquanto decorrer o estado de emergência, pode aceder ao jornal em PDF gratuitamente, enviando o seu e-mail para geral@maissemanario.pt ou em www.maissemanario.pt