Sismógrafo instalado na escola de Aver-o-Mar deteta pequeno sismo

0
2115
Foto: Site do Agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar

O agrupamento de Escolas de Aver-o-Mar ligou, formalmente, o sismógrafo instalado na Escola EB 2,3 de Aver-o-Mar, no passado dia 1 de março, para assinalar o Dia Internacional da Proteção Cível. Passados nove dias madrugada do passado dia 10 de março foi detetado, pela rede sísmica nacional do IPMA, um pequeno sismo de magnitude 0.9 na zona de Valongo, que o sismógrafo da escola também detetou.

O sismógrafo tem um digitalizador sismómetro vertical de nível profissional (geofone), com hiper-amortecedor e computador, numa solução multifuncional que permite monitorizar eventuais terremotos bem como todos os tipos de atividade de movimento do solo.

O equipamento instalado, para além de ligado numa rede internacional de sismógrafos, assenta num projeto desenvolvido pelo Clube de Robótica, em articulação com o Clube de Saúde e Proteção Civil, contando com o apoio do Município da Póvoa de Varzim, estando também os dados a ser disponibilizados à Proteção Civil Municipal. A informação recolhida é ainda relevante para diversas disciplinas, permitindo a análise de dados reais e locais que os alunos conhecessem.

Já no passado dia 1 de março a escola sede assinou um protocolo com a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, onde esteve englobada a apresentação da Estação Meteorológica e do Sismógrafo, da escola, levada a cabo por Carlos Sá, diretor do Agrupamento. A vereadora do Ambiente da Câmara Municipal e responsável pela Proteção Civil, Sílvia Costa, sublinhou o trabalho feito pelo agrupamento tanto na área do ambiente, como na da proteção civil.