Sylvio Lago para ouvir esta sexta-feira na Cooperativa de Cultura- A Filantrópica (Fotos)

0
812
Foto: José Alberto Nogueira

O jurista, professor universitário, ensaísta, historiador, crítico literário e editor Sylvio Lago veio até à Póvoa de Varzim, onde participou num ciclo de três conferências que termina, nesta sexta-feira, dia 10 de maio, às 21h30, na Cooperativa de Cultura- A Filantrópica, com uma reflexão sobre “Eça de Queiroz e O Mandarim a crise de consciência e do remorso: algumas reflexões”.

Para além desta, Sylvio Lago esteve no Auditório Municipal da Póvoa de Varzim, no dia 8 de maio, para refletir sobre o tema “Conceitos fundamentais de interpretação musical”.

Também passou pela Biblioteca Municipal Rocha Peixoto, no dia 9 de maio, onde falou sobre as figuras de “Eça de Queiroz e Machado de Assis um exercício de Literatura Comparada”. Sylvio Lago foi Presidente da Sociedade Eça de Queirós de Cultura Luso Brasileira, entre outras. Como escritor é membro titular da Academia Brasileira de Arte – Rio de Janeiro (fundada em 12 de agosto de 1942), sucessor dos Acadêmicos Heitor Villa-Lobos e Andrade Muricy, na cadeira número 15, patronímica do compositor Alberto Nepomuceno e do Grêmio Literário – Lisboa (fundado em 13 de março de 1846).

Colaborou em várias revistas e periódicos, dedicou-se ao estudo da estética do barroco e das artes do século XX além de estudos de literatura comparada revelando sua capacidade de percorrer diferentes campos de conhecimentos. Seus escritos tiveram presença assídua em publicações especializadas e revistas universitárias.