Tertúlia sobre “Acolhimento e Pós Acolhimento: desafios da integração” lotou fundação Dr. Luís Rainha

0
2239

A Fundação Dr. Luís Rainha acolheu, no último sábado, uma tertúlia cujo tema foi “Acolhimento e Pós Acolhimento: desafios da integração”, onde participaram algumas associações locais e outras entidades de apoio a jovens.

Esta atividade foi promovida pela associação poveira +4490-Associação para a Promoção da Inclusão e da Cultura (APIC), que tem como objetivo principal trazer um novo olhar sobre as duas grandes áreas-chave para a coesão da sociedade são elas a cultura e a inclusão.

Os oradores desta tertúlia foram: a vereadora da Coesão da Social da Câmara da Póvoa de Varzim, Andrea Silva, a Educadora Social Casa de Acolhimento Paula Azevedo, a Psicóloga Clínica da Saúde, Cátia Molho, João Pedro Gaspar, representante da Plataforma de Apoio a Jovens (Ex)acolhidos, Lúcia Paço, Psicóloga Clínica e Terapeuta Familiar da Direção de Infância, Juventude e Família da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, e Sara Moreira, Diretora Técnica da Casa do Regaço.

Para Andrea Silva, este tipo de iniciativas ajuda a explorar e debater as práticas atuais de acolhimento residencial e, mais importante ainda, examinar de perto os desafios enfrentados pelos jovens quando eles deixam esses ambientes e ingressam na vida independente. “Os jovens em acolhimento não são apenas indivíduos em situação vulnerável, são jovens cheios de potencial, esperança e talento. Merecem um ambiente seguro, de amor e de apoio que os capacite a prosperar e a realizar os seus sonhos”, assegurou.