Theatro reabre após dois meses

0
1576

O espaço Theatro, situado na Rua Santos Minho e que engloba restaurante, wine bar, livraria e galeria de arte, regressa também a 18 de maio, após paragem que se verifica desde 14 de março.

Luís Milhazes, responsável, adianta que estará “tudo preparado” para a reabertura. Em condições normais, a capacidade do espaço é de aproximadamente 150 pessoas, “mas julgo que agora não deveremos poder ter muito mais que metade disso”, faz saber.

Estes dois meses sem faturação, ainda por cima incluindo “uma semana como a da Páscoa que é sempre boa para nós”, traduz-se num prejuízo de várias dezenas de milhares de euros. “Esta paragem vai ter um impacto tremendo no negócio, até porque vai abranger a época alta do turismo, não só para nós como para toda a Póvoa de Varzim. Estamos prontos para trabalhar, sabendo que este ano servirá mais para tentar cobrir os custos do que propriamente para obter resultados”. O Theatro não teve, neste tempo fechado, ser viço de take-away porque “o nosso conceito não se enquadra” com o mesmo.

Apesar de tudo, não houve redução dos 12 postos de trabalhos totais, ainda que tenha sido necessário recorrer ao regime de lay-off para os colaboradores. Luís revela também que se candidatou a apoios estatatais que já foram aprovados e que vão ser uma ajuda neste momento de retoma. “Vai manter-se a qualidade a que habituámos os nossos clientes, e em todas as condições de segurança exigidas”, sublinha.

O Theatro costuma receber eventos culturais, como performances musicais ou tertúlias, mas isso será “complicado” manter, pelo menos num futuro próximo, porque “iriam implicar ajuntamentos”. Já a zona da livraria ficou sempre aberta neste período