Torneio S. Pedro Cup é já uma “referência a nível da formação”

0
2692

O Varzim SC apresentou na tarde de sexta-feira (7 de junho) a segunda edição do S. Pedro Cup, que vai movimentar 1.200 jovens futebolistas nos dias 22 e 23 de junho. Oriundos de 26 clubes, vão entrar em campo 96 equipas de atletas entre os 5 e os 13 anos, num torneio que já é “de referência a nível da formação”.

São palavras de Ricardo Nunes, presidente do Varzim, que espera que a segunda edição do evento “seja mais grandiosa do que a anterior. Assim estamos a trabalhar para o conseguir”. “É isso que nós queremos, elevar ainda mais o nível do torneio, elevar o nome do Varzim no futebol de formação, porque nós identificamo-nos completamente com essa palavra, formação”, completou.

Francisco Tobias, responsável pelo torneio, indicou que, nesta edição, um dos objetivos é que “todos os meninos, no sábado, vão dormir com a ilusão que no domingo podem ganhar, pegar no troféu”. Por isso, nos escalões dos sub6 até sub13, as equipas podem ganhar ‘a Liga dos Campeões’ ou ‘a Liga Europa’. Nos escalões mais crescidos, “como só são oito equipas, apuram-se automaticamente para os quartos-finais”.

Para Luís Diamantino, vereador do Desporto da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, “isto é uma festa dentro de outra festa. É a festa do futebol de São Pedro, dirigido aos pequeninos, dentro da Festa de São Pedro. Isto é promoção da cidade, é a continuação da promoção da cidade e da nossa Terra”.

Também Nuno André Coelho, do principal patrocinador SylaGroup, considera que “a expectativa este ano é ainda maior, pela qualidade com que eles conseguiram organizar o torneio no ano passado”.

Vão participar no S. Pedro Cup equipas como o Benfica, Porto, Sporting, Famalicão e Gil Vicente, e pequenos jogadores que são filhos de grandes jogadores, como Ricardo Nunes, Bruno Alves, André André ou Marafona.

Notícia desenvolvida na edição da próxima semana do MAIS/Semanário.