Um mês para pensar a paz na Póvoa de Varzim

0
1267

O Encontro pela Paz da Póvoa de Varzim está de regresso para uma 22ª edição. Sob o mote ‘Vamos dizer sim à paz’, está previsto um mês de iniciativas que arranca já a 7 de dezembro.

O programa foi apresentado na última sexta-feira no Salão Nobre dos Paços do Concelho, por Mário Ferraz, que organiza o evento voluntariamente já 24 anos, e por Luís Diamantino, vice-presidente da Câmara Municipal, que salientaram a aposta na “educação pela paz em contexto escolar”.

É precisamente por esse tema que arranca o Encontro, com a ação ‘Educação pela Paz’ às 10h do dia 7 de dezembro. Nesse dia, será inaugurada uma exposição no Diana Bar, estando também prevista uma atuação da Orquestra de Cordas da Escola de Música da Póvoa de Varzim (EMPV) e da dupla Francisco Cruz e Mara São Roque.

Segue-se, no dia 10, a ‘Chama da Paz’, com a tocha da paz a percorrer as freguesias, “transportada por atletas do concelho”. O percurso terminará no Pavilhão Municipal.

A 11 de dezembro, há a ‘Cerimónia pela Paz’, às 15h. Nesse dia, o Pavilhão Municipal recebe um concerto de Ivo Lucas, acompanhado por Dancebox – Performing Arts Center, com direção artística de Ricardo Rios. Do Pavilhão até à Praça do Almada, vai existir também uma marcha pela paz, com atuação de alunos de canto e piano da EMPV, um minuto de silêncio e a deposição de flores brancas, que cada um deve levar, na Taça da Paz.

Já em 2023, no primeiro dia do ano, o Dia Mundial da Paz, as flores brancas serão lançadas ao mar, pelas 16h. Está prevista também uma atuação de professores da EMPV e uma largada de pombos.

O programa termina a 7 de janeiro, com a iniciativa ‘Lembrar a Paz’. Será encerrada a exposição no Diana Bar, ao som do Coro Infantojuvenil da Paróquia de Beiriz, com direção de Tiago Carriço, e da dupla Francisco Cruz e Mara São Roque. Também a Dancebox vai atuar no encerramento da exposição.

Pode consultar o programa completo na imagem abaixo.