Uma Póvoa de Varzim com Agricultura

0
28

A agricultura tem sido tema que todos assistimos, desde as redes sociais, à televisão assim como rádio e jornais. Todos os cidadãos desde as cidades ao mundo rural estão mais sensibilizados para o mesmo. Vimos nos últimos dias de janeiro, o início dos protestos dos agricultores em toda a parte da Europa sobre a política agrícola comum (PAC) e os seus direitos, Portugal não é exceção!

Desta forma, a Varzi-Coop-Cooperativa da Póvoa de Varzim,CRL. como cooperativa parceira e presente de forma ativa de todos os agricultores e que está no epicentro da produção: tanto leiteira como hortícola, tem vindo observar como estar ainda mais presente na vida de todos os agricultores. Assim, a VarziCoop sente-se comprometida com o sucesso e o êxito dos agricultores na sua qualidade de produção. As medidas têm sido tomadas com atenção e apelando de forma continua à sensibilidade dos produtores e de como eles interagem com toda a linha de consumo.

Os agricultores contestam a sua difícil condição social pois o setor agrícola é um setor exigente no seu trabalho. Assim como, por muitas vezes, também se assiste a um preço ao agricultor injusto para o nível de qualidade produzido. Se o agricultor receber de forma correta, os salários na área agrícola serão superiores e mais enquadrados com a intensidade do trabalho. Temos de pensar que, mesmo em tempo de pandemia, todos os setores de produção pararam menos o setor primário.

Outro assunto que os produtores também se queixam é a vinda de produtos agrícolas internacionais que utilizam produtos químicos (pesticidas, inseticidas, fungicidas, etc.) que nem sequer são possíveis de ser utilizados pelos nossos agricultores (também não queremos), os nossos agricultores usam produtos de base natural para o controlo das pragas e conjugam com práticas de produção integrada, em que resultam alimentos mais saudáveis.

Além disso, houve em Portugal um corte no apoio às medidas agroambientais, mas os agricultores não estão à espera de qualquer tipo de subsídio. Esta redução é grande e deve-se a “erro de programação” e ideologias que não comungam com a realidade, porque estes apoios serviam em parte para ter alimento na prateleira a preço competitivo e para nos proteger dos produtos agrícolas vindos do exterior, tratados com todos e quaisquer produtos.

Com a parceria da VarziCoop, esta sente-se comprometida e estará sempre atenta às necessidades da PAC: apoio direto ao produtor, medidas de mercado e desenvolvimento rural; e de como melhoraras condições dos agricultores para melhores condições de trabalho, melhor produção, e mais realização no setor de produção. Estamos todos juntos na defesa dos interesses da economia do setor primário.

Varzicoop – Cooperativa Agrícola da Póvoa de Varzim, CRL.