Urgência de obstetrícia do Hospital da Póvoa vai continuar aberta

0
1922

O serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia do Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde (CHPVVC) vai “continuar em pleno funcionamento”, avançou o jornal Observador. Lembre-se que um relatório da Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia, no ano passado, tinha sugerido o encerramento do serviço.

De acordo com o jornal, tanto o serviço do CHPVVC como o do Centro Hospitalar Médio Ave, em Famalicão, vão continuar abertos, segundo uma deliberação enviada pela direção executiva do SNS, chefiada por Fernando Araújo.

Ao Observador, o presidente do conselho de administração do CHPVVC, José Gaspar Pais, disse que há “a sensação de que foi feita justiça” pelo serviço e seus trabalhadores. O hospital “é um lugar especial, há respeito pelo casal grávido”, afirmou.

Mesmo com este anúncio, é necessário o planeamento de obras para resolver fragilidades apontadas pela direção executiva do SNS: “O internamento pós-parto é o nosso calcanhar de Aquiles. É obsoleto e necessita de manutenção urgente. Hoje em dia temos muitos quartos sem luz natural, sem casa de banho e com três camas”, admitiu José Gaspar Pais ao jornal.