Varzim perde no Dragão mas mantém esperança na qualificação

319

O Varzim não conseguiu travar o FC Porto no Dragão e perdeu por 4-2, em jogo do Grupo C da Taça da Liga, e realizado na noite desta quarta-feira.

Os varzinistas foram audazes em campo e conseguiram manter a incerteza no resultado, conseguindo aguentar o empate até muito próximo do final do jogo.

Foi o Varzim a inaugurar o marcador, com um grande golo de Jonathan Rubio aos 29 minutos. O FC Porto viria a empatar ainda na 1ª parte por intermédio de Bazoer, aos 42 minutos.

Na segunda parte, os campeões nacionais deram a volta ao resultado por Soares aos 73′. No entanto, o Varzim reagiu e Haman restabeleceu o empate 2 minutos depois, aproveitando uma fífia da defensiva azul e branca.

O FC Porto voltou a acelerar e voltou à frente do marcador com um autogolo de Stephen Payne aos 81′, com André Pereira aos 86′ a estabelecer o resultado final de 4-2.

No final, Estrela, médio do Varzim salientou o bom jogo alvinegro e o poderio do adversário, enquanto Nuno Capucho, treinador do Varzim, sublinhou que “o Varzim não teve receio do FC Porto”.

No Dragão, o Varzim contou com o apoio de cerca de um milhar de adeptos.

Depois deste jogo, o FC Porto passou a comandar o Grupo C da Taça da Liga com 4 pontos, seguido do Varzim com 3 pontos, Chaves com 1 ponto e Belenenses com 0 pontos.

Para passar à fase final da prova, o Varzim terá que vencer em Chaves e esperar que o FC Porto não vença o Belenenses, no Jamor.