Viver lá fora e descobrir poveiros nas redondezas

616

Dirigida a emigrantes poveiros, aplicação para telemóvel criada por jovens lanutenses vai permite saber quem nas redondezas é seu conterrâneo

Chama-se APP E-Migra, começa a ser desenvolvida agora em março e deverá estar operacional em dezembro. Foi o projeto vencedor do Orçamento Participativo Jovem (OPJ), votado na semana passada, pelo que os 22 451 euros que vai custar serão integralmente cobertos pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. Será gratuita para o utilizador.

“A maior parte desse valor irá precisamente para o desenvolvimento do software, outra fatia é para divulgação e marketing digital”, explicou André Leite, 25 anos, engenheiro mecânico, autor do projeto juntamente com uma equipa de mais três pessoas.