Agrupamento de Escolas da Junqueira alerta para a necessidade de cuidar do planeta

0
1872

O Agrupamento de Escolas Dr. Carlos Pinto Ferreira, da Junqueira, Vila do Conde, promoveu, nas últimas semanas, várias iniciativas com o objetivo de sensibilizar os alunos para a problemática do ambiente e para a necessidade de cuidar do planeta.

De acordo com o agrupamento, “os plásticos estão em todo o lado. Em 2020, foram produzidas 367 milhões de toneladas de plástico”. Lembra ainda os microplásticos já são encontrados no mar profundo e são incorporados em diferentes cosméticos e produtos de higiene de uso diário, pelo que “o impacto dos microplásticos na nossa saúde também não deve ser ignorado, de realçar que até já foram detetados em amostras de sangue humano”.

A 22 de março, Luís Vieira do CIIMAR-UP esteve na escola sede do agrupamento para dar a palestra ‘Lixo Marinho e Microplásticos: Impactos e Soluções’, destinada aos alunos do 8º ano. “A respeito das soluções foi apresentado o projeto MAELSTROM, onde se inclui a Barreira de Bolhas, que será implementada em Vila do Conde, para intercetar detritos no Rio Ave antes de estes alcançarem o oceano”, explica o agrupamento de escolas.

Já a 19 de abril, a equipa do projeto Maelstrom H2020 do CIIMAR organizou uma ação de limpeza de praia em conjunto com o Agrupamento de Escolas Dr. Carlos Pinto Ferreira, com a colaboração do CMIA Vila do Conde, ação que contou com a participação dos alunos do 8º ano.

“Entre os 65 kg de resíduos recolhidos, em apenas 45 minutos, mereceu especial atenção um pacote de batatas frita” cuja validade terminava em setembro de 1992. “Que melhor lição haveria para ilustrar a persistência e o impacto deste material no ambiente do que esta?”, questiona o agrupamento.

As atividades continuaram com trabalhos nas diversas disciplinas, que culminaram “com um slogan humano, realizado em colaboração com o projeto Atlantida do CIIMAR, para assinalar o Dia da Terra”.

“Haverá sempre um planeta B, mas se nos quisermos manter nele, em conjunto com as restantes formas de vida, teremos de o cuidar. O respeito pela Terra é que pode garantir a nossa vida e da restante biodiversidade. Os alunos criaram um slogan humano, que foi captado por drone, com esta importante mensagem ‘Cuido da Terra, Protejo a vida’, agora queremos partilhá-la com todos”, termina o agrupamento.