Aires Pereira sublinha que “o sucesso” da noite de S. Pedro se deve “à responsabilidade dos poveiros”

3133

A noitada de S. Pedro “foi um sucesso face ao sentido de responsabilidade que os poveiros têm tido desde 29 de fevereiro e também quanto às características das festas de S. Pedro” disse Aires Pereira, presidente da Câmara da Póvoa de Varzim, ao final da manhã desta segunda-feira, quanto à não realização das festas, para as quais a autarquia decretou um conjunto de medidas para evitar ajuntamentos no combate à pandemia da covid-19.

“A adesão dos poveiros foi unanime e as forças policiais não tiveram que ser chamados a sitio nenhum” disse o autarca, e sublinhou que “era importante para continuarmos com a boa saúde e com os bons números que a Póvoa tem, que não permitíssemos que na noite de ontem pudéssemos de alguma forma contagiados e foi isso que aconteceu”.

Depois da missa de S. Pedro, celebrada na igreja da Lapa, Aires Pereira voltou a referir que “hoje é um dia triste para nós e a missa solene foi o único ato oficial e por isso a presença de representantes de cada um dos 6 bairros e com as conduções especiais que o padre Nuno Rocha nos facultou”.

Sobre o surto no concelho poveiro, o autarca explicou que “na Póvoa de Varzim temos uma situação controlada. Temos 4 positivos e devidamente confiados, o que quer dizer que não temos transmissão comunitária. Só temos que ter as devidas cautelas porque somos uma estância de veraneio e que possamos fazer um verão com tranquilidade e que a saúde das pessoas esteja sempre em primeiro lugar”.